31 março 2011

Será pedir muito????

Eu quero dormir, nem que seja uma noite seguida. Quero conseguir adormecer cedo e dormir, dormir...
Mas não consigo, ou porque me ponho a pensar naquilo que não devo, ou porque a minha rapariga enquanto não é meia noite agora não tem sono. A Matildinha tem uma vida e uma resistência incrivel. Ela levanta-se todos os dias antes das nove, de tarde só dorme mais ou menos 1h30m e mesmo assim as pilhas nunca acabam.

Eu adoro a vida que a minha filha tem, ela é realmente fantástica com tanta genica, mas eu preciso mesmo de descansar porque senão começo a não aguentar este cansaço.

Filhinha, dá um descanso à Mamã e ao Papá, Nós estamos de rastos e Tu minha pulguinha Fresca como uma alface....

30 março 2011

... Pensamento do dia...

"Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor, lembre-se: se escolher o mundo, ficará sem amor, mas se escolher o amor, com ele conquistará o mundo. "
Albert Einstein

29 março 2011

... Leitura da Semana

Sinopse
Quando lhe é diagnosticado um cancro, Barbara Forbes sabe que não lhe resta muito mais tempo de vida. Com quatro filhas ainda muito dependentes do seu apoio, tem pela frente a difícil missão de as preparar para a grande perda que sabe que a sua morte significará para elas. Mas o seu legado revela também um segredo que guardou durante anos e que virá tumultuar toda a família. Com uma compreensão instintiva da relação mãe-filha, uma grande intensidade emocional e uma escrita soberba, este romance celebra a família, a amizade… e as infinitas possibilidades da vida.

Ainda estou no inicio mas já fiquei algumas vezes com o nó na garganta...

Situações inesperadas...

Ontem parte de nosso serão foi passado à luz das velas, falhou a luz na zona onde eu moro.

A sorte é que eu já estava a acabar de arrumar e o resto fiz bem quase às escuras, só com a ténua luz das velas.

Foi a primeira vez que falhou a luz desde que a matilde tem noção das coisas, e ela muito aflita "Mãe acende a televisão" e por mais que lhe explicassemos ela insistia e insistia. Mas teve sorte porque o papá como é muito cuidadoso tinha o pc portátil com a bateria carregada e lá ficamos os 3 a ver a Bela e o Monstro pela milionésima vez.

Foi diferente mas muito agradável e depois lá regressou a luz mesmo a tempo de eu ver a minha novela, aliás já ficamos os 2 colados ao televisor até acabar...

... Pensamento...

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos.

(Autor Desconhecido)

E porque eu Acredito, acho que o Futuro Me Pertence, mas também pertence a quem eu AMO de Verdade....

Este pensamento é para Vocês Meus Amores...

(Isto é para vocês meus amores, não preciso de dizer o vosso nome, pois não?)

Para reflectirmos...


Tudo tem de ser vivido ao instante, e se não o fizermos vamos ficar sempre a pensar em como as coisas poderiam ter sido de outra forma....

As birras da Matilde...

Como lidar com as birras do seu filho
Em alguns momentos, os pais de crianças de dois ou três anos de idade deparam-se novamente com situações que julgavam ultrapassadas. O desenvolvimento infantil não é linear. Crescer é um caminho longo e, por vezes, as crianças cortam por atalhos ou, pelo Estas regressões são consideradas, na sua maioria, normais. Fazem parte dos altos e baixos do processo de desenvolvimento infantil, embora devamos estar atentos às suas causas. Normalmente, são pedidos de atenção da criança, ou porque a mãe está pouco tempo com ela, ou porque, embora fisicamente presente, está pouco disponível emocionalmente. São também comuns quando nasce um irmão. Há diversos comportamentos de regressão que podem surgir. Por exemplo, a criança voltar a acordar de noite, quando já dormia um só sono. Se a criança acorda assustada ou a chorar, é necessário consolá-la e aguardar algum tempo junto dela para a acalmar. No entanto, não deve permitir que a criança durma na cama dos pais. Deve também procurar dar-lhe mais atenção durante o dia e na hora de dormir, lendo-lhe uma história ou cantando-lhe uma canção. Um outro comportamento regressivo que pode surgir, diz respeito a só querer a mãe e ter dificuldade em separar-se dela. Provavelmente, deseja mais atenção da sua parte, sobretudo no momento da despedida. Pode brincar um pouco com ela antes de a deixar, trocando algumas palavras com a educadora e mostrando-lhe que irá regressar.

Mudança de linguagem


Outras vezes, a criança deixa de chamar as coisas pelos nomes, voltando a apontar quando quer algo. Esta é uma forma de comunicação utilizada quando ainda não há linguagem e quando as crianças não sabem como pedir ou chamar a atenção para alguma coisa. Se já estava ultrapassada, e a criança volta a utilizá-la, provavelmente percebeu que eles ficam intrigados com esse comportamento e que lhe dão maior atenção. Se a criança já sabe a palavra correspondente, deve pedir-lhe que a use, mas sem exigir que a pronuncie na perfeição. Se é uma palavra que ainda não conhece, deve ensiná-la com calma e paciência. A criança pode ainda pedir de volta a chucha, o biberão ou a fralda que já tinha deixado, ou mesmo voltar a fazer chichi na cama. Estes comportamentos só são preocupantes quando se prolongam no tempo. Se forem comportamentos esporádicos, não deve recriminá-la, mostrando-se compreensiva e desdramatizando a situação, referindo, por exemplo, que também lhe aconteceu quando era da sua idade.

As típicas birras

Uma outra característica desta idade são as birras.

Para se saber lidar com essas situações, há que compreender o que existe por detrás delas. Por volta dos dois / três anos, as crianças apercebem-se de que podem ter opiniões e desejos próprios, começando a manifestar a sua vontade e a querer tomar decisões. É um período de afirmação, em que lhes interessa o aqui e o agora, bem como a satisfação imediata dos seus desejos. Inevitavelmente, estes chocam muitas vezes com as restrições impostas pelos pais. Deve procurar antecipar os seus pedidos, avisando previamente a criança. Por exemplo, se faz uma birra cada vez que vai ao supermercado, deve colocar os limites antes de sair de casa, procurando chegar a um acordo, como: “Vamos comprar pão, mas nada de bolos. Depois do jantar podes comer um rebuçado”. No entanto, nunca deve utilizar a chantagem para evitar ou controlar uma birra. Quando prevê uma birra, deve tentar afastá-la do local do conflito (como os corredores das guloseimas ou dos brinquedos, no supermercado).

Ceder de vez em quando…


Se, mesmo assim, não conseguir evitar a birra, pode optar por ceder, tentar distraí-la ou esperar que passe. Se o pedido for aceitável, pode ceder, mas sempre estabelecendo condições: “Dou-te o bolo mas só se te acalmares e pedires sem gritar” ou “Dou-te o bolo mas hoje não me pedes mais nada”. Ceder de vez em quando não interfere na autoridade dos pais. No entanto, não se deve consentir por já não se aguentar a birra, mas sim porque o pedido não é assim tão descabido. Se a cedência for por cansaço, a criança vai aprender que com as birras consegue sempre o que quer, e elas irão acentuar-se. A distracção também pode funcionar. Pode lembrar-lhe algo agradável que tenha acontecido ou falar-lhe de algo bom que irá acontecer em breve. Ignorar a birra só é possível em alguns contextos, se não estiver a incomodar outras pessoas. Se se mantiver tranquila e ignorar a birra, repetindo de vez em quando que já lhe explicou o porquê do “não”, ela acabará por acalmar. O seu controlo ajudá-la-á a recuperar o seu próprio controlo. Embora seja difícil fazer uma criança desta idade entender o motivo de uma recusa, é bom transmitir-lhe o porquê das coisas, não dando apenas uma ordem ou dizendo “não”. Se estiver num lugar público, o melhor será abandoná-lo, pelo menos enquanto a criança não se acalmar. Não se sinta culpada por lhe negar um pedido.

Não deixe de lhes dar atenção!


Depois de ser contrariada, a criança precisa de algumas palavras de conforto. Para ela é muito importante saber que, apesar de não gostar das suas birras, não deixou de a amar. Os pais devem estar conscientes de que as crianças não têm esses comportamentos para os aborrecer, mas sim porque faz parte da sua conquista de autonomia. Valorize os actos positivos da criança, para que ela aprenda que as suas boas maneiras são reconhecidas e que consegue maior atenção dessa forma. Com a idade, a criança interiorizará os limites que lhe for colocando e as birras diminuirão de intensidade e frequência.

Se a criança acorda assustada ou a chorar, é necessário consolá-la e aguardar algum tempo junto dela para a acalmar;
Por volta dos dois / três anos, as crianças apercebem-se de que podem ter opiniões e desejos próprios, começando a manifestar a sua vontade e a querer tomar decisões;

Nunca deve utilizar a chantagem para evitar ou controlar uma birra;

Se a cedência for por cansaço, a criança vai aprender que com as birras consegue sempre o que quer, e elas irão acentuar-se;

Com a idade, a criança interiorizará os limites que lhe for colocando e as birras diminuirão de intensidade e frequência.


A Matilde está nesta fase e é desesperante para Todos, ela que passa os dias aos berros e Nós porque já não sabemos como lidar com ela e com esta situação.... Acredito que melhores dias virão e que isto é só uma fase passageira...

28 março 2011

Os meus amores....

Palavras para quê, são os Meus Amores, o Meu Porto de Abrigo.

AMO-VOS Hoje e Sempre...

A recarregar baterias....

Depois de um dia estafante, de ginástica na escola e de muita brincadeira a nossa Matilde chega a casa e ainda tem mais brincadeira.

Não admira que ela aterre no sofá e adormeça em 5 minutos.

Dorme meu Amor e recarrega todas as energias para um Novo Dia... Que tenhas ao longo da Tua Vida sempre um soninho descansado....
E, logo, depois de ver mais um episódio desta telenovela que me prende ao ecrã diariamente vou dormir, não vou ver mais nada, e não vou cair sequer na tentação de pegar no comando da tv para fazer nenhum zapping. É que se o fizer já sei que irei ver uma serie que esteja a dar no AXN...

Hoje estou aqui que nem posso de tanto sono e com tantas dores de cabeça que nem me consigo concentrar...

Fim de Semana


... E quando se começa a semana de trabalho mais cansada do que se foi para fim de semana é complicado.

Ainda hoje estava a comentar que entrei em casa na 6ª. feira e só pus os meus pézitos na rua outra vez hoje.

No sábado foi o tipico dia de limpezas, tratar da roupa, fazer umas actividades com a senhorita e conclusão o dia passou-se. A Matilde adormeceu às 18h e acordou às 21h, mas passado uma hora já estava a dormir, e, presenteou-nos com uma noite de sono até as 10h. mas is to foi só uma prendinha que a rapariha deu aos papás e como mudou a hora ela estava com o organismo desregulado.

O Domingo foi igualmente caseiro, entre fazer as lides domésticas e brincar com a princesa, ainda deu para assistir a um filme - "FAIR GAME"-, ver o episódio de sábado de Laços de Sangue, ver 2 episódios de uma série que dá na TVI e o episódio de Maternidade.

Isto porque a menima Matilde se lembrou de adormecer outra vez às 18h, mas acordou às 21h com uma vida que eu fui-me deitar quase à 1h da manhã e ela ainda ficou na sala com o pai. Realmente é uma miuda com uma resistência enorme.

Hoje eu vim com uma sono para o trabalho que nem consigo descrever, mas a minha filha acordou e foi muito bem para o infantário.

Conclusão: Estou mesmo a ficar velhota....


Mas estes fim de semanas caseiros são muito apreciados lá em casa, menos pela cachopa que passou a vida a perguntar se já não chovia, ora porque queria ir ao aeroporto ver os aviões, ora porque queria ir ao mar....

Bolo de Laranja no microoondas

Ingredientes:


5 ovos;

2 chávenas de açucar;

2 chávenas de farinha;

1 chávena de sumo laranja;

1 chávena de óleo;

1 colher de sobremesa de fermento.


Modo de Preparação:


Bate-se os ovos com o açucar muito bem, depois mistura-se a farinha e o fermento e finalmente o óleo e o sumo.

Leva-se ao microondas durante 10 minutos.

Depois de desenformar polvilhei com coco ralado


Uma receita simples e rápida de um bolo que fica delicioso....

Pao de Sementes


Passo a publicidade, mas esta farinha marca continente para pão de sementes é deliciosa. Com manteiga, doce de abóbora ou assim simples é delicioso...


Ingredientes:

500gr de farinha para pão de sementes;

300ml de água;

2 colheres de sopa de óleo


Modo de Preparação:

Coloquei a água fria, o óleo e a farinha na cuba da MPF, exactamente por esta ordem. Seleccionei o programa 1, pão básico.No final foi só desenformar e comer assim quentinho com manteiga.

26 março 2011

Para mais tarde recordar...

E todos gostamos desta...




Embora a mamã goste mais desta versão...

O Papá adora esta...

Adoro esta música

A Titi adora esta música...

Adoro o Parque!!!!!




3 anos - 06.02.2011

Uma verdadeira Princesa
O meu bolo da Hello
Kitty.....

Um Capuchinho Vermelho...

Com uma cara de rufia...




Dia do Pai no Infantário

Estou a observar o meu Papá...


O bolo era delicioso....

Espero que tenhas gostado Papazinho...
Beijinhos da Titi.

23 março 2011

A princesa está GRANDE..................

LINDA.....................
E MUITOOOOOOOOOO TRABALHADORA..............
Beijinhos nossos,
Carla e Matilde.

Para o Melhor Paizinho do Mundo....


DIPLOMA MELHOR PAI DO MUNDO

PAIZINHO,

Hoje no TEU DIA
Que no fundo também é MEU
Quero que saibas que te AMO MUITO MUITO Hoje e Sempre
É na segurança dos teus braços e nos teus pés firmes que eu me sinto totalmente segura...
José António Carvalho Saraiva
Certifico com todo o meu coração que o MEU PAPÁ é o MEU HERÓI, MEU AMIGO E O MELHOR PAIZINHO DO MUNDO




Matilde Bento Saraiva

Da Filhota Matildinha
Um beijinho do tamanho do Universo

19/03/2011

Maninha Amo-te!

Podia começar esta carta de mil maneiras diferentes, mas achei que esta seria a melhor, pois assim, fica logo gravado na tua memória a palavra que melhor define aquilo que sinto por TI
Hoje estás de parabéns e estamos juntas, aliás como em todas as datas importantes das nossas vidas, umas mais felizes, outras nem tanto, mas as menos felizes é melhor esquecer e seguir em frente.
Quero que saibas que podes continuar sempre a contar comigo para te apoiar ao longo da vida, e, estarei sempre aqui sobretudo nos momentos em que a vida não te sorrir tanto e precisares de mim, nem que seja só para te abraçar e te lembrar que vai correr tudo bem e que vais superar as coisas que ao longo da vida não te deixaram mostrar esse sorriso lindo.
Mas pensa que já tens feito muitas conquistas e que tens pessoas que te Amam sempre do teu Lado… E isso é o que interessa realmente.
Espero que esta data se repita por muitos e longos anos, cheios de Saúde e repletos de Momentos Felizes, e que Eu possa caminhar ao Teu Lado

Desta tua irmã, um bocadinho chatinha, que te ADORA

Milhões de Beijinhos e um Xi -Coração muito apertadinho……
Carla Saraiva