28 setembro 2006

... Ao longo desta semana tenho-me apercebido que nesta luta tão desigual com a infertilidade, cada dia é um dia, e deve ser vivido precisamente assim, sem grandes expectativas, nem grandes angústias.
A grande primeira batalha a vencer, é a da descoberta da causa da nossa infertilidade. E depois por aí adiante até que um dia, não importa, se seja num futuro próximo ou distante consigamos atingir o nosso Sonho e ganhar esta Guerra tão injusta.
Se há 3 anos alguém me dissesse que eu iria ter tantos problemas em ter um filho, eu sinceramente não acreditaria.
Nessa altura, eu, ainda era daquelas mulheres que acreditava que o poderia ter quando muito bem o entendesse.
Que bastaria só dizer que aquele seria o momento certo e a nossa Estrelinha apareceria como num simples truque de magia.
Mas a realidade como se veio a constactar é muito diferente e muito mais dura.
Em Março de 2004 uma forte dor abdominal levou-me às urgências do Centro de Saúde, e apartir daí a minha vida nunca mais foi igual.
Durante a consulta o médico que estava de serviço, e depois de ver que eu sempre tive quistos nos ovários, mandou-me fazer uma ecografia para se certificar se não havia nenhum problema de maior.
No dia em que a fui fazer o radiologista detectou logo que algo não estava bem e disse-me para marcar o mais rapidamente consulta com a ginecologista, que da parte da tarde poderia levantar a ecografia.
Aqui já podem imaginar a minha aflição e angústia.
No dia seguinte lá fui eu à médica e logo que viu a ecografia mandou-me ir no dia seguinte ao Hospital Pedro Hispano, pois tinha que fazer mais uma data de exames.
Foi então aí que eu tive a certeza que algo de muito errado se passava.
Em inicio de Junho fui operada, retiraram-me 1/4 de cada ovário e soube que tinha que viver para sempre com a sombra da Endometriose, algo que nunca tinha ouvido falar.
Os seis meses seguintes à operação foram de tratamento com injecções de Lucrin Depot.
Na consulta que se seguiu em Janeiro de 2005 a médica disse que estava tudo bem, que não havia vestigios da endometriose e que esta seria a altura ideal para a tão desejada gravidez. Mas esta teimava em não aparecer.
Em Junho voltamos para uma nova consulta e a minha médica, que é um amor de pessoa, disse que a ausência de uma gravidez poderia ser devido ao facto de eu andar extremamente ansiosa, por isso, marcou nova consulta para Novembro.
Quando lá chegamos sem nenhuma novidade ela achou que então seria melhor ser acompanhada num centro de infertilidade e, foi então que enviou o meu processo para o Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia.
E, em Fevereiro de 2006, lá fomos nos à nossa primeira consulta de infertilidade.
E daí em diante, como vocês sabem minhas amigas, tem sido uma luta à qual não damos tréguas para vencermos esta Guerra Silenciosa.
No Sábado damos mais um passo muito importante, o inicio da estimulação ovárica para a tão esperada FIV.
Não sei se irá dar certo ou não, já tive dias de muita angústia, de desespero e de muita descrença, como o de ontem. Mas agora espero pelo desfecho de tudo isto com algum nervosismo e resignação, mas com uma certeza...
Não vou baixar os braços se o resultado for Negativo, vou continuar esta luta.
Acho que nunca escrevi um post tão comprido, mas hoje senti necessidade de o fazer, para me relembrar que depois disto tudo não posso esmorecer, tenho é que seguir em frente...
e não perder a Esperança, a Fé e a Coragem...
Para terminar, deixo muitos beijinhos ternurentos e muito obrigada pelo apoio a todas que me deixaram tantos miminhos no meu post anterior.

23 comentários:

Sem Desistir disse...

Torço por ti. Beijinhos

2vidas1sonho disse...

Amiga, primeiro kero te agradecer pelas tuas palavras sempre presentes nos momentos em k + preciso de 1 amigo.
Fizeste-me arrepiar, fifeste-me reviver o meu passado, para mim já são 6 anos de espera e com isso já levei mt "estalo" da vida, mas o bom de td isso é k vais levando lições de vida, por isso te digo, parte com este pensamento para este tt: hoje nada tens (filhos), o k prover do tt será 1 mais-valia, mas se mesmo assim não resultar, nada perdes-te!
Digo-te isto, para k não ganhes muita ansiedade nem sofras muito caso ainda não tenha xegado a tua hora.
Acima de tudo espero k Deus ouça a atenda as tuas preces, para k em breve possas te sentir realizada.
Uma beijoka enorme e muita força
Vou "torcer" por ti.

Sonhadora disse...

Amiga tudo vai dar certo estou e vou rezar por ti gosto muito de ti beijokas :)

cris disse...

Gostei de ver esta tua atitude, e as tuas palavras a cor ver, a cheirar a esperança.
Espero que corra tudo bem.
Beijocas

Maria disse...

Linda, vais ver que vai tudo correr bem! Já ultrapassaste muitas provas e mostraste ser uma grande mulher! E, aconteça o que acontecer, o importante é que mantenhas sempre esse espírito positivo e nunca desistas de perseguir o teu sonho!

Beijinhos grandes,

Maria

Gisela disse...

Olá amiga. Desejo-te muita sorte...


Beijinhos

Blog. infertilidadeumsonhoumavida.blogs.sapo.pt

Norita disse...

Vês minha linda, tu já és uma mulher de luta, já passas-te por tanto. Vais ver que esta vai ser só mais uma batalha, e que no final irás vencer a guerra. Desejo e espero sinceramente que seja o mais breve possivel. Gostei de ler o teu post, quero-te assim sempre cheia de força.
Beijinhos grandes

Sonia disse...

Deixo-te um beijinho muito grande.
Estou (estmos todas ) a torcer mto por ti!

stardust disse...

Amiga,

Esta é sem dúvida uma luta desigual, e depois de passarmos por ela, jamais seremos as mesmas. No entanto, é necessário viver o hoje, um dia de cada vez, e não desejar ardentemente o amanhã.

Temos de ter muita calma, e tentar focalizar a nossa atenção para outros pontos de interesse, senão a nossa ansiedade impede o nosso corpo de trabalhar como deve.

Esta FIV vai correr bem, porque perante as dificuldade que já passaste, vai parecer-te muito fácil todo o procedimento da FIV. Agora, tens de ter muita muita calma.

Beijocas e bom fds

Anaritababy disse...

Aqui vamos nós amiga!!
um xi coração e um beijinho grande!!

NaRiZiNHo disse...

Vai chegar a tua vez ;).
Não desanimes :-*

Sonhamos Contigo disse...

Nao podes mesmo baixar os braços e tens k encarar esta FIV cm uma nova esperança...nao vas logo com pensaments negativos... se nao der certo, nao desistas amiga...

Jinhos linda, se forte!

ALEXIA disse...

estou a torcer...beijinhos

Clara Sonhadora disse...

Eu fico deste lado a torcer muito por ti, de coração!

É uma luta silenciosa e solitária, mesmo, mas havemos de a vencer, força!

Alexandra disse...

Amiga,
Desejo-te muita força para enfrentares a fase complexa q se vai iniciar. Se Deus quiser, vai correr tudo bem. Pensamento positivo: sempre!!
Beijinhos grandes
Alexandra

Ruby disse...

Linda, assim é que é, nunca baixar os braços e ter os pés bem assentes no chão, pois como eu costumo dizer, esta luta tem que ser vencida dia após dia, até ao dia do seu nascimento.

Desejo-te um bom fim de semana e muita sorte para o teu tratamento.

bjs

kitty disse...

Amiga, acredita sempre!
Boa sorte!
:)
Bom fim de semana
Beijinho

Nina disse...

Estou aqui, querida, a torcer muito para que tudo te corra como desejas e mereces!
Força para amanhã!
Beijinhos

HOPE disse...

Força! É o que é preciso!

Beijinhos ;)

Sonhadora disse...

Uma boa semana e beijokas:)

PatLeal disse...

Miga linda estou a torcer por ti. Espero um bom resultado para essa barriguita. Jocas grandes

Nina disse...

Vim desejar-te uma óptima semana, minha querida e que esse tratamento te traga muita felicidade.
Beijinhos

Susana Jas disse...

Cheguei aqui navegando pela net e buscando maiorrs informacoes sobre Lucrin Depot.
Eu usei a injacao por 1 ano e 6 meses, mas devido a um mioma que estava me levando `a anemia e sangramentos horriveis.
Acehi o tratamento pesado, mas, foi um mal necessario.
Meu caso, ja' tenho um menino de 13 anos e nao esta' nos meus planos uma nova getsacao.... quero mais e' levar uma vida normal de novo...
Mas, desejo a voce, toda a sorte e bencaos para que seu sonho se concretize logo !!

Um abraco,

Susana