23 setembro 2008

...Afinal o maridinho conseguiu voo mais cedo e regressa hoje de Berlim.
Claro está que quando ontem ele me ligou a dizer fiquei toda contente. O meu amor faz-me falta, sem ele por perto parece que ando perdida, realmente ele é e será sempre o Meu Porto de Abrigo. Com ele por perto sinto-me protegida e os maus pensamentos que me asolam a cabeça são mais dissimulados.
Acreditem estou mesmo mal habituada, porque tenho um Marido que Sempre, mas Sempre me apoiou em todas as adversidades que passamos ao longo da vida.
Por isso, hoje quando sair do trabalho vou logo a correr buscar a minha fofinha ao infantário, embora saia todos os dias a correr para a ir buscar, e vou para casa preparar a nossa menina para receber o papá.
Nestas viagens o que mais lhe custa é ficar afastado da nossa princesa, e como eu o compreendo, e eu só fico umas horas por dia. Realmente como já se devem ter apercebido tenho um Amor tão Grande pelo meu Marido que quando ele não está ando sempre triste, sinto-me vazia.
Ainda ontem ao meio dia quando falei com ele fiquei tão zangada comigo mesma, porque julguei que o estava a animar e só o estava a fazer ficar pior. Pus-me a contar que a Matilde já de senta sozinha e que já aguenta ssim algum tempo a brincar e que está com umas expressões novas muito fotogénicas e senti na sua voz uma tristeza. Desculpa amor não foi por mal. Eu só queria que TU soubesses que estás sempre presente no nosso dia-a-dia.

Eu e a Matilde amamos-te daqui ao Infinito...

2 comentários:

Mary disse...

Vai ser um reencontro mto bom!
BJs grandes e matem bem as saudades

Sem Desistir disse...

Que bom!!
bjos