17 setembro 2008

Saudade,
Esta é a palavra mais acertada do meu estado de espirito hoje.
Tenho saudades de estar 24 horas com a minha menina, de poder estar lá sempre que ela precisa de mim.
Apesar de saber que ela está muito bem no infantário, que é muito bem tratada e que todos adoram a minha Matildinha porque ela é um amor, eu Queria estar com ela.
A minha pipoca a cada dia que passa está mais engraçada e é um consolo vê-la a brincar com a minha Leonorzinha, a minha filha-afilhada como eu carinhosamente lhe chamo.
Ela e a prima entendem-se muito bem, brincam muito juntas e andam no mesmo infantário o que me deixa mais descansada porque apesar de andarem em salinhas separadas elas estão muito tempo juntas.
Quando se é mãe a nossa vida muda completamente, isto pode soar a frase feita, mas na realidade não podia ser mais verdade. Sinto que agora apesar de tudo a minha Filha é o MEU GRANDE AMOR!!!
O meu Outro Amor, o Meu Maridinho, partiu ontem para a Alemanha em trabalho, por isso, hoje e durante uma semana andarei preocupada pois nunca sabemos o que poderá acontecer.
Vou tentar manter-me o mais ocupada possivel e acreditar que os dias vão passar rapidamente. Ele ontem ia com as lágrimas nos olhos pois nunca esteve tanto tempo sem ver o seu tesourinho. Amor volta depressa, eu e a Matilde precisamos muito de ti.
Beijinhos a todas,
Carla

2 comentários:

Mary disse...

POis eu sei o que sentes... também estou pra qui a morrer de saudades do meu anjinho. Vou enxaguar a roupa dele para o Inverno pois assim sempre vou matando as saudades e lembrando-me dele.
Bjs

stardust disse...

Ah que mãe galinha, ainda és pior que eu...

Beijocas nossas